Home > Dicas > Negativado? Sabia qual o melhor momento para solicitar um empréstimo pessoal

Negativado? Sabia qual o melhor momento para solicitar um empréstimo pessoal

O Brasil terminou o ano de 2020 com o maior número de pessoas com dívidas  nos últimos 11 anos. Segundo os dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), 66,5% dos brasileiros começaram em 2021 com alguma dívida. Ainda segundo a CNC, o número de inadimplentes (pessoas com dívidas ou contas em atraso) ultrapassou os 25%, e o tempo médio de endividamento foi de 7,2 meses.

Cartões de crédito são os grandes vilões do endividamento pessoal

O relatório da CNC mostra, ainda, que as principais fontes de despesas dos brasileiros são cartões de crédito (78,7%). E isso se deve tanto pelo grande número de pessoas que buscam pelo cartão de crédito para realizar compras e pagamentos quando não têm dinheiro em conta, quanto pelos altos juros praticados pelos bancos e operadoras de cartão.

De acordo com a Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade (Anefac), no final do ano passado, as taxas de juros do cartão de crédito foram de 253,26% ao ano.

O cheque especial também é mais um vilão da saúde financeira, pois muita gente usa o limite oferecido pelo banco como se fosse dinheiro próprio e acaba presa em uma soma de juros complicada de liquidar. Segundo a Anefac, os juros do cheque especial eram de 125,98% ao ano, em dezembro de 2020.

Quando pedir um empréstimo é um bom negócio

Estar com o “nome negativado” pode trazer inúmeras complicações práticas e morais. Afinal, ficar com dívida “na praça” nunca é uma posição confortável. Entretanto, mesmo não sendo uma opção, as dívidas são, algumas vezes, inevitáveis.

O que é necessário ter em mente é a urgência de se adquirir um planejamento financeiro que busque a quitação das dívidas para que se ganhe mais estabilidade, segurança e conforto.

O primeiro passo para se planejar financeiramente é saber em quais casos é satisfatório pedir um empréstimo para pagar outras contas.

Simplesmente, é necessário calcular os juros do empréstimo adquirido e o valor total; e calcular os juros das dívidas que serão saldadas com o dinheiro tomado por empréstimo. Em geral, a quantia que será gasta com pagamento do empréstimo tende a ser consideravelmente inferior.

Cada caso deve ser analisado pontualmente, mas, nas seguintes situações, é vantajoso realizar empréstimo para saldar dívidas:

– Para quitar cartão de crédito e/ou cheque especial

Como já foi citado anteriormente, os juros e encargos do cartão de crédito e do cheque especial são os maiores do mercado, sendo necessário a obtenção de crédito pessoal a juros mais baixos.

– Para tirar o nome do Serasa e/ou do SPC

Pessoas com débitos contínuos ou antigos podem terminar com o nome nos serviços de proteção ao crédito e sofrerem restrições de compra.

Quando se pensa em alugar um imóvel ou financiar a compra de um imóvel ou automóvel, ter o nome sujo te impede de prosseguir. Alguns bancos ou financeiras pedem mais de três meses após se ter “limpado o nome” para avaliar a solicitação de financiamento.

– Para obter desconto na dívida em pagamento à vista

De ano em ano, o Serasa realiza o “Feirão Limpa Nome”, que permite que ofereçam aos devedores oportunidades de quitarem suas dívidas com descontos de até 90%. Outros órgãos, como prefeituras (nos descontos para pagamento do IPTU à vista, por exemplo), e lojas que disponibilizam crediário, também costumam renegociar as dívidas com grande redução do valor total.

Nesses casos, o empréstimo pessoal se torna uma solução bastante interessante.

Como pedir um empréstimo estando com o nome sujo?

Adquirir um empréstimo é um dos maiores desafios para quem está com o nome negativado. Os bancos e financeiras tradicionais somente disponibilizam crédito para quem está com as contas em dia.

Então, como adquirir capital para quitar as dívidas?

Muitas pessoas procuram amigos ou familiares, mas isso pode ocasionar algum mal-estar e até rompimento nas relações, pois nem todas as vezes as pessoas podem ou querem emprestar dinheiro.

Nesses casos, procurar por um empréstimo para negativados é uma saída eficiente e ágil. Muitas empresas disponibilizam crédito com condições especiais de pagamento para pessoas negativadas. No entanto, é necessário ficar atento para não cair em golpes e acabar tendo ainda mais complicações financeiras..

Buscar pela empresa antes de solicitar qualquer transação e, principalmente, jamais solicitar nenhum tipo de depósito caução para garantir o empréstimo são cuidados necessários. As empresas de crédito sérias não solicitaram nenhum pagamento antecipado nem trabalham com atravessadores

Fonte: NSC Total | Foto: Konta Azul